Monte de S. Silvestre
Cardielos,Viana do Castelo

Cardielos, terra ribeirinha entre rio e monte, assume consciência do seu valor e potencialidades. Aos pergaminhos do passado: génese cristã, terra honrada, torre senhorial, e à riqueza de ambiente expressa no monte de verde e frescura de águas fluviais corresponde, cá e lá por fora (barco simbólico vogante), o carácter dinâmico da sua gente nas mais diversas actividades. Aí se radicam os êxitos do passado e do presente e a confiança no futuro. De facto, a cultura de valores do espírito, as actividades do dia-a-dia: no estudo, no campo, no comércio, na indústria, nas artes e ofícios, até mesmo no recurso à imigração, não têm sido vãos. Razões de optimismo vemo-las nas mais variadas formas de progresso local.

Para uma visão atenta, subamos a eminência do monte de São Silvestre. Aí nos acolhe um ambiente de vegetação verdejante, em que sobressaem árvores pluri-centenárias, ampla esplanada, capela do Santo titular, casas da confraria, escadarias, calçada de acesso, etc. Mais acima, um castro da Idade do Ferro que, mesmo sem estar escavado, se reputa importante, com ruínas de habitações, restos de mralhas, acrópole, facho, cerâmicas, etc., a par de penedio erosionado no decorrer dos séculos. Valiosa área patrimonial aberta a quantos a demandam em busca de religiosidade, convívio, ócio e mesmo por atractivos culturais.

Todo este contexto paisagístico, mesmo omitindo a obra da mão humana: rede viária, áreas urbanas, agricultura, espaços floridos, etc., nos proporciona ambiente agradável.

A 27- Saída nogueira-Portuzelo

 

 

Recinto da prova AQUI

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now